BUSQUEMOS SEMPRE A PAZ , INCESSANTEMENTE, ININTERRUPTAMENTE!...

segunda-feira, 28 de julho de 2014

EPIDEMIA DE EBOLA EM MONRÓVIA CAPITAL DA NIGÉRIA, SERRA LEOA E GUINÉ...

28.jul.2014 - Equipe dos Médicos sem Fronteiras traz comida para pacientes infectados com Ebola, mantidos em área de isolamento em Kailahun, Serra Leoa. O país juntamente com Guiné e Libéria vive epidemia da doença Tommy Trenchard/Reuters http://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/reuters/2014/07/28/nigeria-isola-hospital-de-lagos-onde-homem-morreu-vitima-de-ebola.htm#fotoNav=24




Epidemia de ebola na África Ocidental está fora de controle, afirma organização Médicos Sem Fronteiras...


A epidemia de ebola na Guiné, Libéria e Serra Leoa está fora de controle e vai exigir enormes recursos dos governos e agências para evitar uma maior disseminação, disse a organização Médicos Sem Fronteiras nesta segunda-feira.

Na semana passada a Organização Mundial de Saúde (OMS) informou que desde fevereiro o número de mortes chegou a 337. Este é o surto com o maior número de vítimas fatais desde que o ebola surgiu pela primeira vez em 1976.

A doença ainda não havia ocorrido nessa região da África, e as pessoas ainda estão assustadas e veem com desconfiança os serviços de saúde. Isso torna mais difícil controlar o surto, informou a MSF em um comunicado.

Ao mesmo tempo, a organização diz que a falta de informação significa que as pessoas continuam a frequentar funerais e a preparar os cadáveres das vítimas do ebola, ficando vulneráveis ​​à doença, transmitida pelo contato e através de fluidos corporais das vítimas.

A febre hemorrágica ebola (FHE) é uma doença infecciosa grave muito rara, frequentemente fatal, causada pelo vírus ebola. Ao contrário dos relatos de ficção, é apenas moderadamente contagioso. Ele foi identificado pela primeira vez em 1976 no antigo Zaire (atual República Democrática do Congo), perto do rio Ébola, e acabou servindo de nome para o vírus. Com informações da Reuters.